IMG-20180905-WA0010

O livro “K encontra Paludes”, do sociólogo e poeta Marcus Alves, será lançando em noite musical no Buarque-se Café, na sexta-feira, (21), às 19h. A obra é uma novela que conta a história do personagem K em sua procura por um objeto de desejo: um par de sapatos amarelo. Além da apresentação do livro, o Buarque-se Café preparou um show com o grupo   Duo Los Dos de La Mancha, formado por Mihaela Cláudia e Bruno Marinheiro.

O livro “O Sapato amarelo (ou K Encontra Paludes) é a terceira obra literária de Marcus Alves. A primeira foi “O Eterno e o Provisório”, seguida de “Arqueologia”.  Os dois são livros de poesia nos quais o autor tematiza situações urbanas, angústias do homem contemporâneo – com seus dilemas e desafios, perdas de amores e de sentidos.

“É um livro sobre um documento de uma vida; uma vida anônima, experimentada por qualquer homem comum.  Eu sempre quis escrever uma estória centrada numa vida comum e pensei “K encontra Paludes”, como relato real, como um documento que eu encontrei na Biblioteca da Universidade de Brasília, onde estudei”, conta o autor.

A obra, toda produzida como um documento antigo é repleta de jogos de linguagem e citações históricas. O livro é construído por meio de uma estética artesanal – todo costurado a mão – tem edição limitada e numerada. “Cada capa foi pintada de um modo diferente e único”, lembra o autor.

Integração com música

Marcus Alves contou que a ideia de unir literatura e música foi pensada pela equipe do próprio Buarque-se Café que convidou o grupo Los Dos de La Mancha, uma homenagem também a clássica obra Dom Quixote, de Cervantes. A dupla Bruno Marinheiro e Mihaela Cláudia procura explorar as possibilidades de seus instrumentos, tanto em termos de técnica como em sonoridades. Marinheiro é violonista e mestre em música pelo Departamento de Música da Universidade Federal da Paraíba (UFPB). A também violonista Mihaela Cláudia já tocou da Orquestra Infantil do Estado da Paraíba e participa da Orquestra Jovem da Paraíba, desde 2015.